GOLPE DA PASSAGEM AÉREA !

RELATO DA VITIMA

Conheci um homem no site de aplicativo waplog ele dizia ser chama Mark Brown médico ortopédico e que estava com contrato com a ONU na Síria e que para vim até a mim no Brasil teria que eu escrever uma carta me passando como noiva dele e pedindo a licença dele ele me mandou um e-mail que segundo ele era o email da ONU ,fui enviei essa carta para esse email, depois o email me respondeu que aceitava da férias pra ele mais que para ele vim ao Brasil ele teria que ter cartão passe livre, e que eles não poderiam fazer transferência de dinheiro por causa da guerra sendo assim eu teria que pagar pra tira o cartão pra ele eles me passou o número da conta bancária que eu enviasse o dinheiro no valor de 1800 o valor fui e fiz depósito, depois eles me enviou um e-mail dizendo que ele recebeu o cartão e embaixo a foto de um cartão que segundo ele era o cartão passe livre , depois eles mandou email falando do vôo que como eles não poderia mexer em conta bancária por causa da guerra ele só poderia mexer na conta dele aqui no Brasil e que a conta dele já tinha sido creditada no valor 33.500 dólares, aí eles me mandou os valores do vôo tinha uns no valor de até 20 poucos mil falei pra ele que não tinha com pagar esse dinheiro ,aí eles me passou o preço de vôo de classe média que tinha um mais barato no valor de 1650 reais e que se eu fizesse o pagamento ele voaria ao Brasil a noite fiz o depósito eles me enviou que ele embarcaria a noite e chegaria ao aeroporto de Guarulhos SP 4 horas da manhã quando deu 4 horas da manhã ele me mandou mensagem dizendo que tinha desembarcado e que ele estava tendo uns problemas com as malas e que estava esperando os alfândegas chegar , depois de passar uns minutos me ligaram diretamente normal código 011 me perguntando as informações que tinha passado sobre mim respondi para ele que era eu mesma , ele me falou que Mark Brown estava com as malas presas pôr que ele trazia ouro em sua mala e ele só podia ter acesso as malas dele depois que você paga a multa para liberar as malas e que eu teria que pagar a multa no valor 2.700 fui conversa com minha amiga o que estava acontecendo ela me enviou um link e pediu para assistir uma reportagem dos casos com outras mulheres da mesma coisa que aconteceu comigo foi aí que descobri que realmente era golpe então não fiz esse último depósito que eles pediram pra liberar a mala fui no banco e fui na delegacia e fiz ocorrência.
Não consegui resgatar o dinheiro pôr que os primeiros depósitos já tinha passado 4 dias e tô agora tentando me conforma, infelizmente fiquei no prejuízo.

TELEFONE DO SCAMMER +90 536 015287 MARK BROWN

EMAIL FALSO DA ONU : unitednationvacation.undept@gmail.com

DADOS PROCESSUAIS DE SCAMMER QUE RECEBEU O DINHEIRO DA VÍTIMA

JUÍZO DE DIREITO DA UNIDADE REGIONAL DE DEPARTAMENTO ESTADUAL DE EXECUÇÃO CRIMINAL DEECRIM 1ª RAJ

JUIZ (A) DE DIREITO JOSE FABIANO CAMBOIM DE LIMA

ESCRIVÃ(O) JUDICIAL SÉRGIO FERREIRA

EDITAL DE INTIMAÇÃO DE ADVOGADOS

RELAÇÃO Nº 0144/2018

Processo 0014806-87.2018.8.26.0041 (apensado ao processo 0004540-41.2018.8.26.0041) (processo principal 0004540-41.2018.8.26.0041) – Indulto – Execução Penal – Nonceba Nyikilana – Ciência à Defesa sobre a decisão retro. – ADV: ANGELA MARIA PERRETTI (OAB 125488/SP)

Diários Oficiais•12/07/2018•Tribunal Regional Federal da 3ª RegiãoAPDO (A) : Justiça Pública 00044 Ap. 66067 0000818-32.2011.4.03.6115 SP RELATOR : DES.FED. PAULO FONTES REVISOR : DES.FED. MAURICIO KATO APTE : Justiça Pública APDO (A) : PAULO ROBERTO DA SILVA APDO (A) : JOSE DOSREISSILVA ADV : MG053540 JOSE CARLOSDE ALMEIDA 00045 Ap. 74696 0003551-46.2017.4.03.6119 SP RELATOR : DES.FED. PAULO FONTES REVISOR : DES.FED. MAURICIO KATO APTE : GUGULETHU NKOSINGIPHILE XULU reu/ré preso (a) APTE : LINA LEONARDO ZAULO reu/ré preso (a) APTE : NONCEBA NYIKILANA reu/ré p

PORTARIA Nº 423, DE 11 DE ABRIL DE 2019

O MINISTRO DE ESTADO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA, usando da atribuição que lhe confere o art. 202 do Decreto nº 9.199, de 20 de novembro de 2017, e tendo em vista o que consta do Processo nº 08505.077916/2017-35, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, resolve:

Expulsar do território nacional, em conformidade com o art. 54, § 1º, inciso II, e § 2º, da Lei nº 13.445, de 24 de maio de 2017, NONCEBA NYIKILANA, de nacionalidade sul-africana, filha de Mangosi Jackson e de Nomiyith Janette, nascida em Eastern Cape, na República da África do Sul, em 20 de julho de 1978, ficando a efetivação da medida condicionada ao cumprimento da pena a que estiver sujeita no País ou à liberação pelo Poder Judiciário, com o impedimento de reingresso no Brasil pelo período de 9 (nove) anos, 8 (oito) meses e 20 (vinte) dias, a partir de sua saída.

SERGIO MORO

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s